“Ninguém é insubstituível!” Será?

Já parou para pensar o que torna um funcionário indispensável? Eu sempre achei muito errado aquela frase “ninguém é insubstituível”. Como líder, esse tipo de afirmação demonstra o quanto muita gente esquece o valor individual de cada um e o quanto cada funcionário pode contribuir para o crescimento da empresa, manutenção da cultura organizacional e gestão do conhecimento. Sem falar do valor que cada um tem na equipe onde está inserido.

Na minha opinião, cabe ao gestor tirar o melhor de cada um e conseguir administrar as diferenças e encaixar as peças certas nos lugares certos. É fato que, infelizmente existem profissionais não conseguirão se adaptar ao mode de trabalho de uma equipe, mas isso não quer dizer que eles são descartáveis.

Cada pessoa demitida leva consigo uma história que foi construída durante o período que esteve na empresa. Leva o conhecimento agregado e muitas vezes não documentado. Agora imaginem aqueles funcionários com anos de casa? Imaginem demitir aquele senhor que trabalha mantendo um sistema legado a mais de 10 anos. Quanto conhecimento ele levará?

Passei por uma empresa que, por conta da crise financeira, resolveu cortar vários funcionários em várias áreas. Não houve realmente um planejamento ou preocupação sobre o conhecimento agregado de cada posição. O foco eram os salários e a redução do famigerado head count. Resultado: até hoje, conversando com algumas pessoas, escuto comentários como “ninguém sabe fazer isso” ou “não sei o que representa esse número no relatório. Quem criou saiu da empresa“.

Esse post serve mais para estimular uma reflexão sobre o assunto. Sugiro que passemos a valorizar corretamente os funcionários que temos a as histórias que eles criaram. A demissão é uma situação extrema que deve ser estudada e planejada com cuidado.

Não existe projetos sem pessoas

Vamos falar um pouco sobre pessoas: desempenho e engajamento. Sinceramente, com toda minha experiência profissional (como gerente, coordenador ou até ...

Os tipos de chefe que só atrapalham uma empresa

Recentemente tive o prazer de ler um artigo na Exame.com sobre os tipos de chefes que atrapalham a empresa. Resolvi replicá-lo aqui... ...

Comunicação é realmente o problema das organizações?

No momento em que o tema comunicação entra em pauta, comumente as primeiras propostas discutidas nas organizações dizem respeito às ...

Boas maneiras fazem a diferença

"A importância das boas maneiras não está no jeito certo de saudar o outro ou limpar os dentes, mas no ...